Educação Básica - DEBASI / INES


O Ciências Sob Tendas é um centro de ciências itinerante que oferece atividades lúdicas e interativas buscando popularizar conhecimentos científicos e tecnológicos. Atualmente é dirigido pela Profª Dr.ª Lucianne Fragel do Instituto de Biologia da UFF e através da Prof.ª Alessandra Sirvinskas, do INES, foi feita a acessibilidade do material, para surdos.

A exposição é composta de atividades lúdicas (que envolvem jogos e brincadeiras) e interativas. Toda a exposição pode e deve ser tocada e manuseada. O Ciências sob Tendas conta com atividades das mais diversas áreas do conhecimento: física, biologia, química, inclusão, artes, informática entre outras.

Alunos do INES no Ciências Sob Tendas

Anatomia Humana - peças reais plastinadas


Nesta atividade, os alunos podem manusear um pulmão, rins, estômago, fêmur, íleo e cóccix. Podem comparar um coração humano com um coração de porco, bem como um cérebro humano e um cérebro de porco. Também observam uma pedra retirada da vesícula biliar e aprendem quais as possíveis causas para o surgimento desta no corpo humano.

Artrópodes


Aqui os alunos podem manusear ARTRÓPODES em resina. Dentre eles há abelha, aranha, besouro, bicho-pau, louva-deus, cigarra, escorpião, gongolo e centopeia. Mesmo com um pouco de nervoso por ver os artrópodes tão de perto, os alunos demonstram gostar da experiência, relataram casos vivenciados com espécimes semelhantes aos da atividade. Também observam o exoesqueleto do escorpião ficar fluorescente diante da Luz Negra e aprenderam que é usando a Luz Negra que pesquisadores buscam e encontram escorpiões durante a noite.

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image

Realidade Virtual - Jogo dos Neurônios


Nesta atividade os alunos saem do mundo real para o virtual em uma viagem para dentro do cérebro humano, com a missão de curar os neurônios doentes. Aprendem sobre os neurônios e algumas doenças que podem danificar a comunicação neuronal e, aprendem que a Realidade Virtual pode ser utilizada em ambientes hospitalares para ajudar os pacientes que passam por horas de tratamento.


Física


A atividade Rampa instiga os alunos a analisarem os fatores que influenciam no tempo de aceleração de um objeto. Os alunos do ensino médio nos impressionaram ao realizarem experimentos na rampa para identificarem em qual posição da rampa uma bola ultrapassava a outra. Após diversas tentativas e repetições eles conseguiram identificar. A física experimental sendo praticada pelos nossos alunos!


Ozobot


Nesta atividade os alunos tiveram a oportunidade de ver um pouco de programação. Puderam desenhar um caminho a ser percorrido pelo robô, o Ozobot. Também precisaram resolver um desafio: fazer o robô ir de um ponto A até o ponto B através do posicionamento dos comandos corretos ao longo do percurso. Além disso, puderam aprender sobre o uso dos robôs nas empresas, fábricas e agricultura.



Carousel imageCarousel image

Escrita secreta


Nesta atividade os alunos observaram imagens utilizando óculos com filtro de cor azul e outro vermelho, observando como os filtros de cor permitem ver imagens ocultas em um desenho. Também viram que as cores na tela de um celular são, na verdade uma variação da combinação dos pixels verde, vermelho e azul. Puderam combinar e criar cores em um aparelho de RGB (Red, Green e Blue), observando que todas as cores que vemos são uma combinação destas três. Depois de verem tudo isso foram desafiados a escreverem algo que só poderia ser lido se a pessoa usasse um filtro de cor.


Pintando o corpo


Aqui, os alunos aprendem que o cérebro é responsável por comandar todo o corpo e são convidados a pintarem um cérebro de gesso para levar para casa.

Impressora 3 D


Aqui os alunos observam a impressão e aprendem sobre os diversos usos desta tecnologia, tanto na área médica (impressão de válvulas cardíacas, de órteses), quanto na área de construção civil, (construção de casas com impressão 3D).

Papel que brota


No papel que brota os alunos reciclaram papel de um jeito diferente. Eles reciclaram papel colocando sementes nele. A atividade quer estimular a reciclagem, conscientizar sobre o uso dos materiais de forma correta e preservando a natureza. O papel com semente, após utilizado, pode ser plantado. Quer jeito melhor de reciclar do que esse? Recicle e plante.

Conhecendo suas células


Os alunos são convidados a rasparem as próprias células da mucosa bucal e observarem em um microscópio. A ideia é conseguirem identificar a membrana, o citoplasma e o núcleo de suas próprias células.

Considerações finais

Pelo envolvimento dos alunos e por seus desdobramentos, vimos nossas metas iniciais serem superadas. Foi um período de muitas aprendizagens tanto no campo da Biologia quanto na contribuição de materiais acessíveis a surdos. Veja, abaixo, algumas fotos do projeto.

Carousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel imageCarousel image